quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Cabeças de herbívoros

Os dinossauros herbívoros (comedores de vegetais) passavam maior parte do tempo comendo. A ampla variedade de vegetais consumidos pelos vários herbívoros reflete-se na diversidade de suas cabeças, particularmente nos dentes e mandíbulas. Por exemplo, Gallimimus possuía um bico para colher frutos e vegetais; Anchisaurus possuía dentes sulcados para picar as as folhas das plantas; Stegosaurus possuía um bico e dentes queixais pra triturar a vegetação; Triceratops tinha baterias de dentes incisórios para cortar fibras vegetais.

As mandíbulas de alguns dinossauros herbívoros podiam mover-se de um lado para o outro, o que os auxiliava a triturar melhor a vegetação. Outros herbívoros dependiam do gastrólitos (pedras) na moela (estômago muscular) para triturar o que houvesse ingerido.

A maioria dos dinossauros herbívoros tinha os olhos localizados nas laterais da cabeça, proporcionado-lhes um amplo ângulo de visão, de maneira que pudessem localizar predadores que se aproximassem de qualquer direção.

Alguns herbívoros apresentavam características distintivas na cabeça. Por exemplo, o Triceratops tinha chifres ósseos maciços sobre os olhos, possivelmente para uso em batalhas territoriais. Os hadrossauros, como o Brachylophosaurus, portavam cristas que o ajudavam a distinguir uma espécie de outra dentro de uma manada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário