sexta-feira, 5 de junho de 2009

Os primeiros Pterossauros

Pterossauros foram arcossauros voadores intimamente aparentados aos dinossauros. A asa do pterossauro era feita de uma grande membrana de pele que ficava esticada do final do final do seu quarto dedo, incrivelmente longo, e estendia-se até o seu corpo e suas pernas posteriores. Essa asa membranosa era reforçada por fibras enrijecidas e músculos. Fósseis excepcionais mostram que alguns pterossauros tinham pelagem e devem ter sido animais de sangue quente, como as aves e os mamíferos modernos. Pterossauros primitivos, com dentes, do Triássico e Jurássico, diferem dos mais avançados por terem possuído uma cauda longa, ossos não fundidos nas suas costas e ossos relativamente curtos nos pulsos. A maioria dos pterossauros primitivos foi pequena, se comparados aos posteriores, e nenhum chegou a ter uma abertura alar com mais de 3m.

Coletores de Peixes

O Rhanphorhynchus (acima) foi encontrado na Alemanha, um de seus fósseis foi encontrado com impressão de pele e com as membranas das asas preservadas. Isso mostrou que ele tinha uma garganta e uma estrutura com forma de diamante no final de sua cauda. Rhanphorhynchus
tinham um bico com muitos dentes proeminentes, voltados para frente na extremidade das maxilas inferior e superior. Isso deveria permitir a ele coletar peixe da superfície da água.

Anurognatídeos

Os Anurognatídeos, um grupo de pterossauros primitivos, tinham cauda curta como os pterossauros mais avançados, mas ainda mantinham ossos curtos do punho e outras características de pterossauros primitivos. Tinham crânio pequeno e alto, dentes pontiagudos, afiados e longos e asas estreitas, o que sugere que eram predadores, voavam rapidamente e comiam insetos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário